Home / Estado Islâmico - EI (ISIS) / (Vídeo do Momento do Ataque) Estado Islâmico Comemora Execução à Tiros de Ministro Russo Andrei Karlov na Turquia

(Vídeo do Momento do Ataque) Estado Islâmico Comemora Execução à Tiros de Ministro Russo Andrei Karlov na Turquia

Os canais terroristas do Estado islâmico começaram a celebrar o assassinato de Andrei Karlov, que foi baleado e morto em Ancara pelo policial Mert Altintas, de 22 anos. Altintas foi filmado dando o “tahwid”, ou sinal do dedo indicador do ISIS, enquanto gritava “Allahu Akbar . “Altintas foi mais tarde morto em um tiroteio com as forças de segurança após o assassinato.

video-do-momento-do-ataque-estado-islamico-comemora-execucao-a-tiros-de-ministro-russo-andrei-karlov-na-turquia

Uma tradução completa do vídeo fornecido por Shaheryar Mirza diz:

Não se esqueça de Aleppo, não se esqueça da Síria. Não se esqueça de Aleppo, não se esqueça da Síria. Você não vai provar a segurança a menos que os nossos campos estejam seguros. Só a morte pode me tirar daqui. Quem tiver parte nesta tirania pagará por ela, um por um.

Segundo a BBC, “Várias outras pessoas também foram feridas no ataque, um dia depois dos protestos na Turquia sobre a intervenção militar da Rússia na Síria”.

Confira o Vídeo do Momento do Assassinato do Ministro Russo na Turquia:

Rússia e Turquia oficialmente normalizaram as relações em junho, após um período complicado no ano passado, quando a Turquia derrubou um jato russo na fronteira da Turquia com a Síria. A entrada da Turquia na Guerra Civil da Síria em Agosto agravou ainda mais a diplomacia entre as duas nações que discordam sobre o futuro do papel de Assad na Síria, mas, de acordo com a Al-Monitor, estão conjuntas para apoiar suas políticas externas não-ocidentais.

O prefeito de Ankara, Melih Gokcek, disse que o ataque tinha como objetivo interromper as relações entre a Rússia e a Turquia, informa a Reuters.

O tiroteio aconteceu quando diplomatas da Turquia, Rússia e Irã planejavam se encontrar na Turquia para discutir a situação em Aleppo, na Síria.

A Turquia é um país sunita e em sua maioria muçulmana, enquanto a Síria também é maioria sunita, mas governado por Assad e seu governo xiita. A divisão entre xiitas e sunitas ocorreu no ano 632. Segundo o The Express:

Mohammed morreu sem nomear um sucessor, levando a uma divisão na religião sobre se seu próximo líder deve ser escolhido democraticamente ou se os parentes de sangue do Profeta devem reinar. Os sunitas acreditavam que o amigo e conselheiro de Maomé, Abu Bakr, era o “califa” dos muçulmanos, enquanto Shias achava que seu primo e genro Ali era escolhido por Allah para governar. Abu Bakr ocupou o título primeiro até sua morte, enquanto Ali foi coroado no quarto califado após dois governantes anteriores serem assassinados.

Tanto a Turquia como a Rússia estão atualmente no Oriente Médio lutando contra a ISIS, uma organização extremista sunita.

O tawhid é a “saudação do ISIS”. De acordo com Foreign Affairs:

Quando os terroristas do ISIS sustentam um único dedo indicador em suas mãos direitas, eles aludem ao tawhid, à crença na unicidade de Deus e um componente-chave da religião muçulmana … Mas para o Estado Islâmico, o símbolo é mais sinistro do que uma mera declaração das crenças monoteístas. Como jihadistas salafistas, os membros do grupo aderem a uma interpretação fundamentalista do tawhid que rejeita os regimes não-fundamentalistas como idólatras. Em outras palavras, o conceito de tawhid é fundamental para a postura violenta e intransigente do ISIS em relação aos seus oponentes, tanto no Oriente Médio como no Ocidente.

Altintas também gritou “Allahu Akbar”, uma frase islâmica conhecida como o “takbir”. Significa “Deus é o maior” e é uma expressão arábica comum que nem sempre tem conotações terroristas.

embaixador-russo-morto

Abaixo está algumas imagens de um segmento de bate-papo de simpatizantes do ISIS discutindo o ataque de Altintas.

isis-comemora-telegram

 

Comentários

Comentários

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. * Campos Obrigatórios *

*