Home / Estado Islâmico - EI (ISIS) / (Vídeo) Estado Islâmico Ameaça Israel e Judeus | Autoridades do Hamas Finalmente Afirmam: O Estado Islâmico Já Está em Gaza

(Vídeo) Estado Islâmico Ameaça Israel e Judeus | Autoridades do Hamas Finalmente Afirmam: O Estado Islâmico Já Está em Gaza

estado-islamico-ameaca-israel-e-judeus-autoridades-do-hamas-finalmente-afirmam-o-estado-islamico-ja-esta-em-gaza

Um Oficial Sênior admitiu pela primeira vez pelo Hamas, que o Estado Islâmico (ISIS) está operando em Gaza – Mas diz que a ameaça é pequena e que o Hamas pode lidar com isto.

Após meses negando, o Hamas finalmente admitiu que o Grupo terrorista do Estado Islâmico (ISIS -ISIL) estabeleceu uma  base em Gaza.

Grupos Jihadistas filiados ao ISIS em Gaza, têm realizado ataques lançando esporadicamente  foguetes contra Israel nos últimos meses, quebrando assim o cessar fogo entre Israel e a delicadas facções terroristas de Gaza.
Os ataques tem sido vistos como um ataque direto a Israel, e também  como um desafio ao Hamas – e especificamente destinados, segundo especialistas em segurança,  à provocar uma resposta israelense contra o Hamas.

Os Jihadistas do Estado Islâmico (EI), também foram diretamente engajados em uma luta, pode vezes violenta, com os governantes do Hamas em Gaza, acusando-os de não implementarem totalmente a lei islâmica e exigindo a libertação de prisioneiros Salafistas.

Mas o Hamas tem oficialmente negado que o ISIS tenha quebrado as regras territoriais e que ao mesmo tempo continuam a prender militantes do ISIS.

Na Sexta-feira (03-Julho-2015), pela primeira vez um Oficial Sênior do Hamas admitiu que o ISIS está presente em Gaza.

Em uma entrevista com a TV Al Quds do Hamas, o porta voz e Bureau Político Mousa Abu Marzouk respondeu à uma mensagem de vídeo em que o Estado Islâmico, em Aleppo na Síria, ameaçou derrubar as forças do Hamas.

A resposta de Mousa foi a seguinte: “Por que eles (O ISIS) querem transformar Gaza em um mar de sangue, e que recursos eles têm para fazer isto??”.

Ele afirmou que havia apenas “dezenas” de membros do Estado Islâmico (ISIL) em Gaza e que eles “não são organizados”. Mousa promete que as autoridades do Hamas logo irão eliminá-los. “Eu acredito que eles (Hamas) estão estendendo as prisões para que possam caber lá”, disse.

A maioria dos analistas acreditam que a presença do ISIS em Gaza -embora relativamente pequena- é significativamente maior do que as estimativas de Mousa, e que o número vai de centenas à milhares de membros ativos e/ou afiliados ao Estado Islâmico.

Mousa acrescentou que a repressão contra o ISIS em Gaza precisa ser multifacetada, levando em conta que o problema não é apenas de segurança, mas também de uma luta ideológica.

A admissão de Mousa Abu Marzouk foi no mesmo dia em que o Estado Islâmico lançou foguetes contra Israel pelo território do Egito.

Fonte: Israel News

Em vídeo divulgado pelo Estado Islâmico, eles ameaçam Israel, Judeus e Hamas dizendo que todos os seus seculares não são nada e que irão desenraizar Israel!
Confira o Vídeo:

Comentários

Comentários

Deixe uma Resposta

Seu endereço de email não será publicado. * Campos Obrigatórios *

*

https://www.amazon.com/dp/B085ZCSRB8 
zzz